fbpx

4 tipos de jogos que trabalham habilidades socioemocionais e garantem diversão em família


Você já pensou sobre o que seus filhos precisam desenvolver para enfrentar as mais diversas situações e dificuldades da vida? Seja na escola, nas brincadeiras com outras crianças e até mesmo futuramente no trabalho, será mesmo que são apenas boas notas no colégio ou dominar tecnicamente certas áreas que contam para o sucesso?  Veja como os jogos podem ajudá-las.

Criatividade, colaboração em equipe, empatia, autoconhecimento, responsabilidade, autonomia, autoestima, determinação, ética, felicidade assim, são algumas das habilidades socioemocionais necessárias às crianças para enfrentar os desafios do século XXI.

Assim, precisamos pensar em como incluir esses conceitos nas atividades corriqueiras dos pequenos de uma forma divertida, mas ao mesmo tempo funcional.

A boa notícia é a possibilidade de unir competências socioemocionais aos jogos em que até os pais podem participar. Aliás, confira abaixo algumas dicas que garantem interação entre pais e filhos com direito a muito aprendizado!

Jogo dos dilemas

Esse jogo traz 40 cartas com perguntas desafiadoras para a criança refletir, questionar e discutir o dilema da carta retirada antes de tomar sua decisão final. Afinal, ele é superinteressante para jogar entre familiares e cada um expor suas ideias!

Quebra-cabeça, jogo da memória e caça-palavras

Esses clássicos são opções que as crianças adoram. Dessa forma, aproveite para brincar com elas e ajude-as a desenvolver capacidades como autonomia, reflexão e resolução de problemas através da junção de pecinhas e letras dispersas no quadro.

Jogos: Pique-bandeira, queimada e mãe da rua

Juntar a família para brincadeiras como essas é sinônimo de pura diversão. Dessa forma, além de serem opções para se fazer ao ar livre, esses jogos são excelentes exemplos de como trabalhar em equipe, ensinando os pequenos sobre como desenvolver e praticar essa habilidade.

Jogos de tabuleiro

Sente no chão da sala para um jogo de tabuleiro e sinta-se criança novamente. Banco Imobiliário, Jogo da Vida, Damas… assim, de forma leve, essas e outras opções podem ensinar as crianças a controlarem tempo e impulsos, ponderar decisões e a refletir sobre seus atos, sempre pensando antes de agir.

Tais lições podem, inclusive, colaborar no combate ao bullying, desenvolvendo capacidades como tolerância, empatia e ética e, assim, auxiliando os pequenos a identificar e prevenir atitudes negativas.

O que podemos tirar de tudo isso?

O uso do lúdico em função do aprendizado é a base principal da Metodologia Mind Lab e tem se mostrado cada vez mais eficiente em tornar nossas crianças mais humanas e desenvolvidas.

Diante da importância das habilidades socioemocionais, teste alguma das opções com as crianças e nos conte os resultados! Ah, também pode deixar outras dicas nos comentários!


1 Comentário. Deixe novo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu