fbpx

Fim das férias! Como readaptar as crianças de volta à escola?


Depois de muita farra e descanso, chega o momento de preparar a criançada para a volta às aulas!

Sabendo como esse momento tende a ser desafiador para todo mundo em casa, nós separamos algumas dicas fundamentais para te ajudar a não só lidar melhor com a reação dos pequenos, como também auxiliá-los da melhor forma, garantindo que eles consigam utilizar esse período de descanso como incentivo, revertido em muita energia para o segundo semestre.

Preparando o terreno

Nesse momento, as rédeas justas que ‘moldam’ a rotina já não estão tão apertadas, por isso, agir de modo intempestivo e exageradamente rígido logo de cara para colocá-la no lugar pode acender os ânimos sem necessidade.

Dessa maneira, preparar o terreno já durante a última semana de férias, para que o impacto do retorno não seja tão intenso, é o mais indicado.

Remaneje o horário de acordar, por exemplo. A cada dia, busque levantar os pequenos da cama um pouco mais cedo. Começando com 10, e depois 20, 30, 40 minutos até que os horários voltem aos padrões de costume. E isso também vale para a hora de dormir.

Com pequenos ajustes, torna-se muito mais fácil para todo mundo dentro de casa voltar a entrar nos moldes do dia a dia.

Lidando com a insegurança

Por vezes, a resistência dos pequenos em voltar para a rotina escolar pode ter raízes bem mais profundas.

Em vista disso, é válido procurar estabelecer com eles um contato mais sensível de maneira a não só incentivá-los para o próximo semestre, mas principalmente entender quais são os medos, as possíveis angústias e o que eles temem encontrar no retorno.

A insegurança em voltar para uma realidade de preocupação com desempenho, notas, provas, entre outras questões do convívio escolar, muitas vezes, pode ser solucionada quando os pequenos sentem que têm alguém para os escutar e dar suporte.

Maleabilidade x Responsabilidade

Agir de maneira mais maleável durante o período de transição não significa abdicar da firmeza. Muito pelo contrário!

A maleabilidade, nesse contexto, exige grande dedicação e responsabilidade por parte dos pais e responsáveis para que os ajustes, da maneira que estão sendo feitos, não acabem tendo o efeito contrário.

Desse modo, é fundamental que os papais e mamães entendam seu protagonismo durante esse processo. Por ser aos poucos, torna-se extremamente necessário que as regras colocadas, bem como os horários e hábitos estipulados – não só durante esse período, como também depois do início das aulas – sejam respeitados por todos dentro de casa, em um comprometimento conjunto e integrado, no qual todos se incentivem a seguir os padrões colocados.

O que podemos tirar de tudo isso?

Todo processo de adaptação acontece em etapas e respeitá-las é o segredo para um retorno tranquilo e cheio de energia para a criançada!

Por isso, lembre-se sempre de ter paciência e muita dedicação durante esse processo para transformar pequenos gestos em incentivo, para reacender dentro dos pequenos  a vontade de voltar com tudo e encarar o segundo semestre com garra e coragem.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu