fbpx

O que esperar do seu filho de 7 anos!


O que esperar do seu filho de 7 anos! Olá, pai, olá mãe! Hoje vamos seguir na nossa série, a fim de saber o que esperar de seu filho em cada fase da vida. E chegamos às crianças de 7 anos de idade.

Antes de tudo, se você tem filhos menores, não deixe de conferir o desenvolvimento das crianças aos 5 anos  e aos 6 anos.

A era da razão

Nessa idade, seu filho já aprende a ler, a escrever, e desenvolve a capacidade de distinguir entre certo e errado, entre o bem e o mal. Ao passo que a habilidade de refletir aumenta e ele passa a se preocupar com o que os outros pensam. Esforça-se por agradar, especialmente à professora. Desenvolve assim o senso de responsabilidade. Fica bastante ansioso se esquece de fazer algo que a professora pediu, por exemplo. A autonomia cresce em relação a você. Surgem os melhores amigos e a turma próxima.

Já sou um adulto!

Fisicamente, o desenvolvimento do equilíbrio e da capacidade motora aumentam muito. A autonomia em tarefas simples também. Como por exemplo: vestir-se sozinho, inclusive para ir à escola, amarrar os sapatos, abotoar a roupa. Como resultado, tudo isso passa a ser feito com destreza sem que ele necessite da sua ajuda.

No mundo da lua

Às vezes, seu filho parece passar bastante tempo no mundo próprio dele, desligado da realidade. Em suma, ele está explorando seu mundo interno, cheio de imaginação. Sendo assim, essa introspecção é benéfica nesta fase de ajuste pessoal e social. Uma figura que ganha muita importância é a paterna. O pai conquista, finalmente, seu lugar de grande herói no mundo da criança.

Como você pode guiá-lo nesse desenvolvimento?

Reforce a cooperação familiar

Embora a autonomia tenha crescido, cabe aos adultos da família a liderança na organização. Dessa forma, deixe claro ao seu filho que vocês formam um time que trabalha, se desenvolve e atinge novas conquistas em conjunto! Com muito respeito e apoio mútuo, os sacrifícios, investimentos e superações necessárias em nosso dia a dia certamente ficam mais leves. Esclareça os papéis de cada um, respeite os momentos solitários dele, mas valorize também os momentos de presença e a cooperação.

A importância do social

Uma das maiores belezas da vida está na individualidade. Cada ser é único, especial. Entender que essas diferenças nos fazem aprender mais com os outros é importante nesse momento de ajuste à vida social. O que nos une em grupos são as semelhanças, num primeiro momento. Compartilhamos valores, crenças, sonhos, modos de vida… Mas isso não significa que devamos anular nossas ideias individuais. Semelhanças, são pontos de encontro; diferenças, são ampliações de horizonte. Com essa visão equilibrada, o convívio em grupo torna-se fonte de crescimento para todos.

Os medos do mundo interno

Esse lugar privado onde seu filho passa tanto tempo é importante e repleto de imaginação. Uma emoção que costuma ser trabalhada ali é o medo. Nós, de forma geral, tendemos a enxergar esse sentimento como negativo, mas é importante lembrar que, numa situação de perigo real, o medo tem até uma função protetora, de autopreservação. Nessa idade, porém, fechada em seu mundo interno, é comum a criança sentir receios inexplicáveis, fantasiosos ou desproporcionais. Tudo bem, isso é normal. Apenas observe se esses medos não estão deixando seu filho paralisado e ofereça o apoio necessário para que ele possa superá-los desenvolvendo a confiança.

As informações que você acabou de ler se baseiam no conhecimento acumulado pela Mind Lab ao longo de 27 anos liderando pesquisas e desenvolvimento de tecnologias educacionais inovadoras para o aprimoramento de habilidades e competências cognitivas, sociais, emocionais e éticas.

Todo esse conhecimento embasa o Material Pedagógico 2021 da Mind Lab, onde as famílias dos alunos do programa MenteInovadora são orientadas para guiar o melhor aproveitamento dos jogos e metodologias ali propostos. Venha conhecer o Material Pedagógico 2021 e aprenda a educar seu filho para a vida!

Agora você já sabe o que esperar do seu filho de 7 anos! No próximo post, o que esperar da criança aos 8 anos de idade! Até lá!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu