fbpx

Como lidar com o mau humor da pandemia!


Como lidar com o mau humor da pandemia: seis dicas para você administrar as próprias oscilações de temperamento durante o estresse do isolamento

Sabe aquele dia em você já acorda com vontade zero de sair da cama, num mau humor tão denso que quase dá para tocar? E o pior é que você vai ter de sair da cama, preparar o café da manhã, suportar as cobranças de filho, filha, marido, tia, gato, cachorro…. E tudo isso já sabendo que o mau humor que te agarrava na cama não vai te abandonar… Deu vontade de gritar? Calma, você não está sozinha.

As oscilações de humor têm sido uma constante nessa fase de isolamento da pandemia. Afinal, segundo especialistas, este é o maior experimento psicológico da história. Dando continuidade à nossa série sobre a hiperconvivência, na qual já abordamos os relacionamentos entre irmãos, com os enteados, entre casais  e a distância dos avós, chegou a hora de falar sobre como lidar com o mau humor da pandemia.

Confira a seguir 6 dicas para driblar esse inimigo da boa convivência no confinamento.

1 – Esfrie a cabeça antes de dar uma sentença

O ponteirinho da irritação bateu na zona vermelha e você, prestes a explodir, vai tomar uma decisão impulsiva contra o que está te irritando? Pare. Não diga nada. Afasta-se, pratique um pouquinho a dica número 4 e espere o ponteirinho baixar novamente, pelo menos para a zona amarela. Só então reflita sobre o que você vai decidir. Agir sob o impulso da raiva aumenta muito as chances de tomar a decisão errada.

2 – Reclamar um pouco faz bem…

Às vezes, no pico da irritação, a única coisa de que precisamos é de alguém para nos ouvir. Segundo os psicólogos, queixar-se pode ajudar a aliviar a irritação na maioria dos casos. Se você estiver fervendo, ligue para aquele ombro que nunca lhe faltou e descarregue suas reclamações.

3 – … Mas não basta

Já fez o descarrego? Ufa, que alívio. Agora, com mais calma, pense em soluções possíveis para a situação que acendeu o seu pavio cada vez mais curto. Assim, quando se repetir, você saberá lidar melhor com ela.

4 – Ommmmmmmmm

Meditação? O número de pessoas que começou a praticá-la durante a quarentena subiu porque ela tem esse poder de aliviar o stress. Não precisa ficar fazendo “ommmmmm” por 40 minutos. Até porque você não tem esse tempo, certo? Reserve dois minutinhos, pode ser ao acordar, para sentar tranquilamente e inspirar e expirar lentamente, afastando os pensamentos da sua mente e focando apenas no ar que entra e sai pelas suas narinas…

5 – Você não é perfeita. E daí?

Sim, você erra, ele erra, todo mundo erra. Ninguém é perfeito, portanto, não há razão para se cobrar tanto assim no meio desse enorme caos – nem para julgar demais os outros. Até porque, tem uma coisa que você precisa lembrar: você também acerta! Olha que coisa boa!

6 – Um duelo de cada vez!

A vida sempre foi assim no escritório, por que não pode ser assim em casa? Não adianta tentar corrigir tudo o que está errado. Escolha entrar apenas nas batalhas fundamentais. Quanto às outras, respire fundo e pratique o exercício de buscar sua força interior para se convencer de que está tudo bem se um brinquedo não foi guardado, ou se uma peça de roupa ficou fora do cesto da lavanderia, ou ainda se o arroz pegou um pouco no fundo da panela…  



2 Comentários. Deixe novo

  • Suely da Rosa Garcia Vieira
    julho 21, 2020 13:55

    Atualmente a delicadeza deve se fazer presente. Todos estão incompletos em suas emoções, inseguros, pensativos como será que o outro está se sentindo. É colocar-se no lugar do outro.

    Responder
  • Maria Eleni Teles Silva
    julho 22, 2020 00:44

    Empatia é a palavra de ordem para o atual momento que estamos vivendo.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu