fbpx

A importância de boas horas de sono para a família


Assim que o bebê nasce, o que ele mais faz é dormir, porém, ao crescer, brincar pode se tornar mais interessante que horas de sono para as crianças. E é aí que faz-se fundamental priorizar o sono para o desenvolvimento adequado e bem-estar não só dos pequenos, mas de toda família.

Por isso, ter uma rotina de sono impacta significativamente na rotina da casa e diretamente no processo de desenvolvimento infantil de funções cerebrais e regeneração das células, as quais dependem do GH, o hormônio do crescimento que é liberado durante as horas de sono.

O sono da criança e a dinâmica familiar

Crianças que dormem cedo trazem benefícios para a família toda, segundo pesquisa realizada pelo Murdoch Children’s Research Institute, na Austrália.

Além disso, o estudo afirma que quanto antes as crianças dormem, mais elas descansam e os outros membros da família também, o que melhora a saúde mental e física de todos. Com mais tempo livre, os pais podem dedicar um tempo para si próprios, o que é extremamente importante para um ambiente mais feliz e saudável.

Quantas horas e que horas a criança deve dormir?

A decisão do horário que a criança deve ser colocada para dormir depende muito do horário que ela terá que acordar para cumprir suas atividades. Aliás saber também se há horas previstas de soneca ao longo do dia.

É difícil estipular a hora adequada para a criança dormir, já que a família se organiza em função de sua rotina e necessidades, devendo compatibilizar-se com as necessidades dela, garantindo uma quantia saudável de horas de sono, que varia conforme as seguintes idades em um período de 24 horas.

– 0 a 3 meses: 11 a 19 horas

– 4 a 11 meses: 10 a 18 horas

– 1 a 2 anos: 9 a 16 horas

– 3 a 5 anos: 8 a 14 horas

– 6 a 13 anos: 7 a 12 horas

Algumas dicas para fazer com que as crianças durmam mais cedo:

  1. Estabelecer horários é importante para que a criança aprenda a cumprir as atividades corriqueiras até o horário de deitar.
  2. Procure atividades e brincadeiras mais calmas na parte da tarde e à noite para que a criança não esteja tão agitada.
  3. Objetos que simbolizam o horário de dormir ajudam a criança a entender que essa hora chegou, como “paninhos”, travesseiros ou bichinhos.
  4. Evite que as crianças durmam na cama dos pais para que desenvolvam mais segurança e autonomia.
  5. Não force o sono. Se o sono ainda não chegou para o pequeno, dê tempo para que isso aconteça de forma natural, pois não adianta deixá-lo no quarto escuro esperando que ele durma.

E como é o sono das crianças aí na sua casa? Conte-nos nos comentários! E se tiver alguma outra dica sobre o assunto, será mais que bem-vinda! 😉


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu