fbpx

7 dicas para formar um filho leitor


7 dicas para formar um filho leitor. A concorrência está cada vez mais desleal. Ligações por vídeo, jogos online, animações, filmes… Tudo isso em pequenas telas coloridas na palma da mão! Contudo, como convencer o seu filho a apreciar um livro em meio a essa avalanche de estímulos e informações?

A chave está em não subestimar o poder do lúdico. Afinal, o universo mágico criado por histórias bem construídas tem a capacidade de ativar a imaginação e a criatividade, mergulhando a criança numa viagem fantástica cheia de cenas e personagens que ela mesma constrói. Quando esse processo acontece, você abre uma porta para atrair a atenção de seu filho e mostrar que, além das telas luminosas, pode haver um mundo de fantasias bem mais interessantes.

Claro que esse processo de formar um filho leitor não acontece de uma hora para outra. É preciso trabalho e empenho da sua parte. Quanto mais cedo você começar, melhor. Mas é possível iniciar uma trajetória leitora em qualquer idade.

Confira a seguir 7 dicas que separamos para ajuda-lo a formar um filho leitor.

Dica 1: Ao alcance da mão

Assim como acontece com celulares e tablets, o acesso aos livros deve ser fácil. Não guarde exemplares em estantes altas, fora do alcance das crianças. Prefira locais que elas possam acessar sem esforço. Seu bebê vai estragar o livro? Esse risco vale a pena, porque livro bom, é livro lido. Se você ainda tem um bebê e páginas rasgadas realmente o incomodam, dê preferência aos exemplares feitos em páginas rígidas, ideais para evitar o estrago.

Dica 2: Ambiente aconchegante

Leitores formados são capazes de ler em qualquer canto. Isso é verdade. Mas no processo de conquista, um cantinho de leitura bem construído, com almofadas pelo chão, bem iluminado e cheio de livros pode ser um convite para um tempinho mergulhado numa história. Se você estiver empolgado para remodelar um ambiente, existem muitas ideias interessantes que podem ser adaptadas a um cantinho do quarto, como estantes circulares em que a criança pode se deitar no centro do círculo. Faça uma pesquisa de imagens no Google para se inspirar.

Dica 3: Histórias cheias de vida

Solte o ator ou a atriz que existe aí dentro de você e dê vida aos personagens, fazendo vozes e gestos engraçados enquanto lê para o seu filho. A personificação ajuda a ativar a imaginação e torna o momento ainda mais divertido. Como saber se você está acertando na caracterização? É fácil. Se a história estiver bem contada, você vai recontá-la muitas e muitas vezes! 😉

Dica 4: Cada dia um pouquinho

Transforme a leitura num momento para você e seu filho curtirem diariamente. Lendo uma história a cada dia, na hora da cama, ou em outro momento que funcione melhor para ambos, você está estimulando esse hábito desde cedo.

Dica 5: Converse sobre a história

O nível de profundidade, claro, vai depender da idade. Mas é importante estimular seu filho a pensar sobre a história que acabou de ler, ou de ouvir. Perguntas simples sobre a passagem de que mais gostou, ou como o final o surpreendeu, ajudam a desenvolver o hábito de refletir sobre a leitura, que será fundamental no futuro.

Dica 6: Personalize a experiência

Incentive-os a criar marcadores de origami, um especial para cada livro; ou crie um “passaporte do leitor”, um caderninho que vocês podem fazer juntos, com a foto dele, em que ele anota o título de cada livro terminado – e onde você pode estampar um carimbo para comemorar mais uma história bem vivida!

Dica 7: Escolha bons livros

Existem muitas obras no mercado sem qualidade. Na escolha do que vai apresentar ao seu filho, é importante que você faça uma pequena curadoria. Existem blogs na internet com boas indicações de leitura, e outras mães e pais de amiguinhos podem ser boas fontes de indicação. Uma dica: os clássicos nunca perdem o encanto. Então, um livro que o encantou quando você era criança tem grande chance de exercer o mesmo fascínio sobre o seu filho.

Gostou das ideias? Quer se aprimorar na contação de histórias? Então não deixe de assistir a esta live da Mind Lab em Família com o contador de histórias Fábio Lisboa.


6 Comentários. Deixe novo

  • Antonia Couto
    agosto 27, 2020 20:28

    Prepara o ambiente, assim como a escolha dos livros e a discussão sobre os mesmos, estimula a criança querer sempre mais.

    Responder
  • Antonia Couto
    agosto 27, 2020 20:30

    Preparar o ambiente, assim como a escolha dos títulos, e promover a discussão sobre os mesmos, estimula a criança querer sempre mais.

    Responder
  • Antonia Couto
    agosto 27, 2020 20:45

    São dicas valiosas para formar o comportamento leitor da criança.

    Responder
  • Maria Eleni Teles Silva
    agosto 27, 2020 20:51

    Ótimas dicas!! Importante também os pais serem exemplo, também gostarem de ler!!!!!

    Responder
  • Andrea Lúcia Figueiredo Oliveira
    agosto 31, 2020 01:00

    As dicas são incríveis! Precisamos estimular a leitura, pois assim se amplia o conhecimento.

    Responder
  • Edenilda Carvalho Sousa de Godoy
    agosto 31, 2020 19:01

    Ótimas dicas! é muito importante incentivar a leitura e despertar o gosto por belas histórias nas crianças.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu