fbpx

Como criar um jovem cientista?


Como criar um jovem cientista? Você já parou para pensar que são as perguntas, e não as respostas, que movem a humanidade? À curiosidade devemos todos os avanços científicos e tecnológicos que nos trouxeram até aqui. Mas, como estimular a curiosidade desde cedo em nossos filhos? E por que isso seria importante para as crianças?

O interesse por aprender e desenvolver o pensamento nasce da curiosidade. Aliás, crianças curiosas leem mais e demonstram maior disposição para aprender. Isso porque a curiosidade gera uma inquietação que faz a criança ir atrás de algo, fazer mais perguntas, assimilar novas ideias e conceitos. Das novas ideias, nascem as teorias e as crianças despertam a capacidade de criar algo que antes não existia. É assim que o aprendizado acontece.

Como seres que estão descobrindo o mundo agora, as crianças naturalmente tendem a ser mais curiosas. É importante que nós, como adultos, tenhamos o cuidado de não tolher essa curiosidade posto que de já sabermos muito mais do que eles.

Veja a seguir 5 dicas para que o jovem cientista ávido por conhecimento que existe em seu filho seja despertado:

Aprenda a usar as perguntas certas

As perguntas certas ativam o cérebro para o estado de curiosidade. Nesse modo, novas sinapses são realizadas e novas ideias surgem. Para crianças, é importante usar as perguntas básicas para despertar essa curiosidade: o que é isso, para que serve, por que se faz isso, quem inventou, são questionamentos iniciais que ativam a curiosidade e dão foco ao que a criança pode ver, ou fazer. Perguntas mais complexas podem afastá-lo, diante da incapacidade encontrar uma resposta por si só.

Responda com novas perguntas

Entregar a resposta pronta pode ser mais fácil, mas não ajuda o seu filho a descobrir o que precisa saber por seus próprios meios. Tente responder às perguntas com novas perguntas que o guiem na direção da resposta.

Incentive a observação

O mundo ao nosso redor é cheio de curiosidades, embora nós, adultos, sempre assoberbados pela rotina, nem sempre as percebamos. Incentive seu filho a perceber por exemplo as mudanças que ocorrem com as estações do ano, as árvores que perdem as folhas, as flores que brotam, os frutos que nascem delas, a forma como o vento atua sobre as coisas, as formigas que carregam folhas por caminhos inusitados no jardim. As crianças, em geral, são muito observadoras. Compartilhe suas observações, crie hipóteses, estimule seu filho a investigar esses fatos.

Saiba ouvir

As crianças, em geral, nos trazem muitas respostas incríveis e perguntas inusitadas. Aprenda a ouvir o que seu filho está trazendo. Muitas vezes, a resposta de que ele precisa já está ali e você não precisa ir além, problematizando e dando ao assunto uma complexidade que, muitas vezes, é superior à capacidade de compreensão da faixa etária dele.

Desperte o senso de localização

Sempre que estiverem se deslocando pela cidade, incentive seu filho a observar ao redor e a estabelecer pontos de referência. Isso vai estimulá-lo a pensar sobre o espaço ao redor.


2 Comentários. Deixe novo

  • Bruna Aparecida da Silva
    novembro 14, 2020 03:04

    Texto interessante, com dicas relevantes para incentivar as crianças a construir seus próprios conhecimentos e demonstra que não é tão complexo , quando se trata de auxiliar os pequenos neste processo de descobertas!!!!

    Responder
  • Andrea Lúcia Figueiredo Oliveira
    novembro 14, 2020 23:53

    O texto nos aponta o quanto é importante incentivar as descobertas das crianças, pois assim surgem novos aprendizados e curiosidades.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu