fbpx

Disciplina Positiva na quarentena


Na Live desta semana, aprenda como a metodologia da disciplina positiva pode ajudá-la a se manter emocionalmente saudável durante e depois do isolamento.

A quarentena se estende – daqui a pouco faz dois meses que as escolas fecharam ­– e você está à beira de um ataque de nervos? Muita calma nessa hora, mãe. Na nossa live desta semana, vamos conversar sobre como a Disciplina Positiva pode te ajudar a atravessar essa tormenta de forma mais serena.

Os pilares fundamentais da Disciplina Positiva foram lançados há quase 100 anos pelos psiquiatras austríacos Alfred Adler e Rudolf Dreikurs. Eles defendiam o tratamento respeitoso às crianças, sem autoritarismo, numa época em que indisciplina era combatida com castigos físicos. A filosofia ganhou impulso a partir de 1981, nos Estados Unidos, com a publicação do livro Positive Discipline, pela psicóloga e educadora Jane Nelsen. Mãe de sete filhos, avó de 22 netos e bisavó de 9 bisnetos, Jane desenvolveu o conceito e formatou dicas práticas para garantir o direito das crianças à dignidade e ao respeito.

Como a Disciplina Positiva pode te ajudar a lidar com o estresse dessa convivência intensa?

Vamos alguns exemplos nem tão fictícios assim:

  1. Seu filho se torna agressivo quando algum desejo lhe é negado? – A Disciplina Positiva vai ajudá-la a entender as necessidades por trás do comportamento da criança;
  2. Você perde a paciência e a compostura quando seu filho a desafia? – A Disciplina Positiva vai ensiná-lo a desenvolver o autocontrole e o autoconhecimento;
  3. Você se sente no filme Dia da Marmota, com as mesmas discussões e estresses se repetindo diariamente com seu filho? – A Disciplina Positiva vai ajudá-lo a enxergar, a repensar e a quebrar os padrões comportamentais;
  4. Seu filho embirra diante de um desafio novo e espera que você faça tudo por ele? – A Disciplina Positiva reforça o desenvolvimento na criança de habilidades socioemocionais como empatia e segurança em si mesmo;
  5. Ele nunca faz o que você pede? – A Disciplina Positiva vai ensiná-la a oferecer escolhas limitadas e a garantir que sejam realizadas.
  6. Você se sente frustrada por não ser ouvida? – A Disciplina Positiva vai ajudá-la a mudar essa realidade desenvolvendo a escuta ativa.
  7. Você se sente uma péssima mãe quando grita, perde a paciência, e muitas vezes se vê agindo de forma incoerente? – A Disciplina Positiva vai ajudá-la a ser consistente e amorosa, sem deixar de ser firme.

A Live será mediada por Carol Borges, coordenadora de relacionamento da Mind Lab, e contará com a presença de Bete Rodrigues, mãe, madrasta, professora, consultora educacional e treiner em Disciplina Positiva. Junte-se a nós, nesta quinta-feira, a partir das 17h00.


6 Comentários. Deixe novo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu