fbpx

O que esperar do seu filho aos 15 anos!


O que esperar do seu filho aos 15 anos! Você pediu, o Vida Inovadora atendeu e por isso vai estender a série sobre o que esperar do seu filho ou filha em cada fase da vida.

Então hoje, vamos navegar pelas necessidades dele aos 15 anos, um marco no desenvolvimento do adolescente.

Antes de seguirmos para as transformações, não se esqueça de conferir e indicar aos amigos os posts publicados anteriormente da série, que começa com o que esperar do seu filho aos 4 anos, e segue aos 5, 6, 7, 8, 9, 10, 11, 12, 13 e aos 14 anos.

Agora, vamos ao que esperar do seu filho ou filha aos 15 anos. Não é pouca coisa, porque a partir de agora, as transformações físicas e emocionais se acentuam. O adolescente mergulha no processo de formação da própria identidade e passa a atravessar um período de oscilações constantes. Vamos a algumas delas:

O próprio espaço

A reflexão sobre questões que envolvem o conhecimento de si mesmo, seus desejos, suas dificuldades, seu futuro é constante. Surge também a percepção sobre o espaço que ele ou ela ocupa na vida de outras pessoas. Os amigos e adultos que o cercam são importantes da construção da identidade.

Quem sou eu?

A construção da noção de si mesmo envolve muitos questionamentos acerca da autoimagem, com reflexos na autoestima. Entre as muitas facetas do “eu” que se firmam nessa idade, estão o “eu real” (quem sou), o “eu ideial” (quem como eu gostaria de ser), o “eu esperado” (o que os outros esperam que eu seja), o “eu potencial” (o que que poderia ser) e o “eu futuro” (o que eu espero ser).

Altos e baixos

No processo de amadurecimento, o adolescente se vê frequentemente exposto a situações que produzem pensamentos e sentimentos sobre si mesmo muitas vezes oscilantes. É como se ele vivesse numa gangorra entre confiança e insegurança, alegria e tristeza, satisfação e decepção, audácia e medo, prazer e angústia, extroversão e timidez, entre outro sentimentos.

Como lidar com tudo isso?

Esteja por perto

É importante que um adulto ajude o adolescente a pensar sobre a vida, dando-lhe força e segurança para passar por tantas coisas diferentes que podem gerar estresse, instabilidade e fragilidade emocional.

Pratique a escuta ativa

Não fique olhando para o smartphone ou se distraindo com outras coisas enquanto conversa com seu filho ou filha. Esteja realmente presente, ouça o que ele ou ela tem a lhe dizer e valide os sentimentos e emoções que ele ou ela trazem.

Evite os julgamentos

Não dê lições de moral nem tente impor autoridade. Você não precisa concordar com ele ou ela, mas deve fazer um esforço para entendê-lo(a). Seja educado, converse com tranquilidade, pois esse exemplo vai ensiná-lo(a) a tratar os outros da mesma forma. Lembre-se, a questão aqui não é forçar o seu filho ou  filha à obediência, e sim ajudar na formação do caráter dele ou dela.

Ao longo de 27 anos, a Mind Lab acumula conhecimento liderando pesquisas e desenvolvendo tecnologias educacionais inovadoras para aprimorar habilidades e competências cognitivas, sociais, emocionais e éticas.

Todo esse conhecimento embasa o Material Pedagógico 2021 da Mind Lab, onde as famílias dos alunos do programa MenteInovadora são orientadas para guiar o melhor aproveitamento dos jogos e metodologias ali propostos. Venha conhecer o Material Pedagógico 2021 e aprenda a educar seu filho para a vida!

No próximo post, o último da nossa série, que esperar da criança aos 16 anos de idade! Até lá!


Inserir o link para os posts depois que estiverem publicados.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu