fbpx

Crescer não significa deixar de ser criança


Em meio ao caos da vida adulta, mergulhamos tão fundo nas nossas responsabilidades que nos esquecemos o quão gostosa é a sensação de comprar uma revista em quadrinhos, dar uma volta de bicicleta na chuva ou comer aquele doce predileto.

Os afazeres aos poucos vão preenchendo o nosso dia a dia, substituindo pequenos prazeres que, um dia, já nos fizeram tão felizes, e até nos inibindo de realizar grandes sonhos por acharmos que eles já estão velhos demais, ou que são coisas de criança.

No entanto, a idade nunca impediu ninguém de sonhar, e nem deveria. Por isso, resolvemos aproveitar o #MêsDasCrianças para não só relembrar a importância de manter viva a infância dentro de nós, mas também para dar algumas dicas de como resgatá-la. Vamos lá?

Brincadeira de criança, como é bom!

Pode passar o tempo que for, brincar sempre vai ser uma delícia. Mas já que com o passar dos anos é praticamente impossível reservarmos um momento do nosso dia para jogar bola ou desenhar, que tal contar com a ajuda dos pequenos para quebrar a rotina com um pouquinho de diversão?

Aproveite os momentos em que eles estão brincando para participar, deixando de lado as preocupações externas e mergulhando de cabeça no mundo da imaginação.

Além de relembrar a delícia que é ser criança, é uma oportunidade perfeita de estar presente, acompanhando e estimulando o desenvolvimento, compartilhando experiências e criando memórias com os filhos.

Reviver lembranças é resgatar bons sentimentos

Outra maneira de resgatar os anos dourados é através da memória!

O sentimento de nostalgia que surge quando assistimos novamente aquele desenho que passava sempre, revisitamos lugares que costumávamos frequentar, reencontramos pessoas, sentimos aquele ‘cheirinho de infância’ ou desenterramos aquele jogo antigo, é praticamente uma volta no tempo que aquece o coração e nos faz reviver, a partir das lembranças, sentimentos tão gostosos.

Reviva essas experiências e retorne ao passado! Lembrando que para fazer tudo isso você pode contar com as crianças. Elas, com toda certeza, serão ótimas companhias e irão adorar compartilhar tradições tão divertidas.

O que podemos tirar de tudo isso?

Estar em contato com a criança que mora dentro de cada um de nós é reascender a magia tão bonita de ser jovem.

Por isso, lembre-se que apesar da idade, “todas as pessoas grandes foram um dia crianças” (O Pequeno Príncipe), e permita-se viver a esperança, o encanto e a capacidade de sonhar, não esquecendo que seus filhos podem ser grandes aliados nisso. Afinal, não existe melhor maneira de despertar a criança dentro de você do que contando com a ajuda de uma.


1 Comentário. Deixe novo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu