fbpx

Brechós de uniformes escolares: a forma de reaproveitar o que ainda é novo


A programação de volta às aulas para as crianças é sinônimo de diversão, mas para os pais pode acabar se tornando um ponto de atenção quando se trata de gastos e compra de uniformes, principalmente.

Além do material escolar, da mochila e dos tênis para o novo ano, os uniformes estão entre os maiores gastos para as famílias, visto que precisam ser trocados com frequência, já que as crianças crescem e perdem rapidamente as roupas em bom estado.

Diante disso, os brechós de uniformes escolares são a alternativa perfeita, já que além de contribuir financeiramente, para os pais, eles são uma forma de praticar a sustentabilidade e inseri-la na rotina de maneira a ensinar os pequenos, afinal, se a família desde cedo preza pelo consumo consciente, as crianças já crescem adeptas dessa causa benéfica para o planeta. 

Educação financeira

Ademais, “dinheiro não dá em árvore”, e quanto antes as crianças souberem disso, melhor. Assim, essa é uma excelente oportunidade para falar sobre finanças, economia e gastos, educando as crianças financeiramente e  as fazendo refletir e entender mais sobre como funciona este universo.

Tocar nesse assunto é uma maneira de deixar claro que faz parte ter que escolher entre prioridades e necessidades.

Como funciona?

A ideia de brechós de uniformes pode ser institucionalizada em escolas a fim de reunir peças do departamento de achados e perdidos. No entanto, a iniciativa não precisa vir apenas da escola, já que os pais podem separar uniformes que não serão mais usados pelos seus filhos e trocá-los com outros pais.

Outra opção é vender por preços mais acessíveis e, posteriormente, adquirir novas peças também usadas, mas em boas condições. A prática vai de acordo com as tendências atuais de aplicativos, como o Enjoei, e de programas televisivos, como o Desengaveta, de vender peças já usadas por preços menores ou até mesmo realizar trocas.

O que podemos tirar de tudo isso?

Se no primeiro momento as crianças questionarem a decisão, com paciência e diálogo você pode explicar quais são os benefícios da ação e até propor um passeio, uma ida ao cinema ou ao shopping com a economia feita, deixando claro que economizar e planejar gastos pode ser muito benéfico.

Aproveite as dicas, compartilhe com outros pais e escolas e, juntos, podemos contribuir com o planeta, com as crianças e com nós mesmos!


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu