fbpx

A saúde emocional de filhos e filhas


A saúde emocional de filhos e filhas.

Qual o caminho para a felicidade? 

Aliás, antes disso: o que é felicidade?

Felicidade é aquilo tipo de coisa que todo mundo idealiza, sabe que é bom e busca incessantemente na vida. 

Mas será que todo mundo faz uma pausa para refletir, afinal, sobre o que é a felicidade?

Saúde emocional

Para o psicólogo infantil e escritor Oliver James, autor do livro que vamos indicar hoje, a felicidade é um conceito complexo que pode ter diferentes significados para cada pessoa.

Por isso, o autor defende que o ideal, para conquistar a felicidade, é investir no desenvolvimento da saúde emocional.

Dessa forma, nós, como pais e mães, temos um papel importantíssimo no desenvolvimento da saúde emocional de nossos filhos e filhas.

Cinco elementos

Em seu livro Como Desenvolver a Saúde Emocional, James Oliver constrói a noção de que a saúde emocional é formada por cinco elementos principais:

  1. Percepção;
  2. Noção de si mesmo;
  3. Relacionamentos fluídos;
  4. Autenticidade; e
  5. Entusiasmo com a vida.

Ele apresenta também maneiras para que possamos desenvolver cada um deles em busca de uma vida que seja mais plena.

Bagagens emocionais

O livro nos ajuda a entender a influência das bagagens emocionais que trazemos desde a infância e que influenciam a forma como interagimos com as pessoas à nossa volta diariamente. 

Nesse sentido, o autor tenta guiar os leitores na tarefa de superar padrões negativos de comportamento para elevar o nível de autoconsciência.

Por isso, é justamente nessa questão dos padrões e da bagagem emocional que ele pode nos ajudar, como pais e mães, a reconhecer as influências que temos sobre nossos filhos e filhas. 

Citação

Logo no início do livro, o autor faz uma declaração que nos leva a uma enorme reflexão como pais e mães:

“A maioria de nós nasce emocionalmente saudável. Um bebê sabe exatamente quem é. A maioria das crianças pequenas sabem quem elas são e, quando se sentem seguras, são espontaneamente alegres. (…) É normalmente quando as crianças vão para a escola, em especial entre os 7 e 9 anos, que os desafios à saúde emocional aparecem mais visivelmente. Conforme surgem a pressão para se encaixar e a comparação com os outros, passa a ser cada vez mais comum não ser emocionalmente saudável.”

James Oliver

O autor segue sustentando que a decadência da saúde emocional aumenta na adolescência e início da vida adulta. 

Apenas a partir da meia-idade, ou na idade avançada, a saúde emocional encontra espaço para retornar – e, às vezes, isso não acontece.

O temperamento dos primogênitos

Num dos capítulos dedicado à infância, ele elenca alguns comportamentos curiosos verificados no temperamento de filhos e filhas primogênitos em função dessas bagagens emocionais.

  1. De forma geral, o primeiro filho ou primeira filha tende a escolher o caminho de menor resistência, dando aos pais o que eles esperam dele ou dela e ficando ao lado deles.
  2. Quando o segundo filho ou segunda filha chega, o primeiro ou primeira faz o que está ao se alcance para tomar conta da situação e subjugar o segundo ou segunda. Como primogênitos, a tendência é de que sejam maiores, mais fortes e tenham maior segurança. 
  3. Nesse ponto, porém, entra o imponderável: se o irmão ou irmã consegue atrair maior atenção dos pais, o primeiro filho ou filha pode ficar com raiva e desenvolver um sentimento de vingança.
  4. Nós, como pais e mães, temos uma tendência a cobrar de nossos primogênitos ou primogênitas atitudes mais responsáveis, muitas vezes antes do momento em que eles estão prontos para assumi-las. Como resultado, isso faz com que primeiros filhos ou filhas tenham maior probabilidade de se sentirem responsáveis por tarefas de cuidado. 
  5. Com isso, irmãos ou irmãs mais velhos podem se tornar mais conservadores, mais ansiosos ou ansiosas por conservar o status quo de antes do nascimento dos irmãos.

Criação dos filhos

A parte 5 do livro é totalmente dedicada à criação dos filhos. 

Assim, entre outros temas, o autor explora a alegria e o entusiasmo nessa tarefa, o papel da maternidade, percepção e bom humor, o papel do parceiro ou parceira nessa criação dos filhos e como gerar bom humor na criação dos filhos

O livro

Como Desenvolver Saúde Emocional, de James Oliver, foi publicado no Brasil pela Editora Objetiva. Com tradução de Cássia Zanon, ele tem 176 páginas e custa entre R$ 27,49 e R$ 42,90.

Visite esse site especial do Programa MenteInovadora e aprenda a mudar o amanhã como uma criança! E para saber um pouco sobre o desenvolvimento de crianças, acompanhe a nossa série em nosso blog.


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu